Capítulo

Publicidade

Capítulo 38

           Tênis Vermelho se deparou com o revólver de Teixeira apontado bem no meio de sua testa e ficou paralisado.

            - Calma amigo! – Falou Tênis vermelho. – Pense bem no que está fazendo.

            Teixeira, com um sorriso de escárnio, esfregou o cano do revólver no rosto do homem do tênis vermelho enfiando o cano em sua boca.

            - Amigo? – Falou Teixeira. – Nossa, como as coisas mudam, né? Outro dia, nem a sua cara de bosta você quis me mostrar, se escondendo atrás de um capuz! Agora a gente é amigo?

            Alberto segurou Tênis Vermelho pelo braço e retirou-o do carro apontando-lhe também seu revólver.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.