Capítulo

Publicidade

Capítulo 10

 

Estava olhando pela janela com o cenho franzido, quando vi Apolo descer de um táxi e entrar no meu prédio. Virei pra Bruno, que estava sentado no sofá com uma expressão culpada. Pietro tinha saído do meu apartamento a poucas horas, e definitivamente não tinha se passado os “dias” que o meu companheiro ficaria longe.

- Você ligou pra ele, né?

- Desculpe, senhora. – Deu de ombros. – Mas eu não vou ficar quieto, quando obviamente você não está segura aqui.

- Só queria um pouco mais de tempo pra pensar sobre isso, mas...

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.