Capítulo

Publicidade

Vídeo


47

Dominic Black

Não revisado

A vida pode ser dura mais não vou chorar ou lamentar tudo que vivemos ou passamos  foi uma lição de vida sou o  homem mais filho da puta do mundo por matar e sorrir ao mesmo tempo, essa é minha vida, mato qualquer filho da puta que cruzar meu caminho.

  Continuo em meus pensamentos enquanto a trilha sonora toca enquanto dirijo a caminho a boate, Gregorio vai morrer por minhas mãos.

 Estaciono em frente a boate   e desço e vou a caminho  a entrada como sempre chamando atenção de várias de vadias querendo meu pau enterrado nelas, até sinto o gosto do sexo, admito mesmo sinto falta de foder várias mulheres, mais nenhuma vagina é igual a da minha mulher, porra aquilo sim é uma bela vagina. Sinto meu pau latejar só de imaginar chegar em casa e pegar ela dormindo com sua bela calcinha de renda branca e sem sutiã me diz porra isso sim é vida,saber que o mundo pode cair em suas costas mais você sabe que vai chegar em casa e ter uma mulher do seu lado para você chama-la de sua. e ponto final...

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.