Capítulo

Publicidade

Capítulo 3

Percebi desde cedo que não teria o tipo de companheiro que qualquer outro receberia normalmente. Aquela coisa mágica de amor e respeito instantâneo não funcionava para os Gjysmë, pelo contrário, somos tratados como lixo, escória ou quando se tem “sorte” um depósito de filhotes pulguentos. Foi por isso que, durante anos, implorei á Selene para que nunca me prendesse nessa armadilha de merda. Mas a maior prova de que as minhas preces não foram ouvidas, foi ser presa em um laço de Selene com um homem de quase dois metros de altura, no meio de uma boate lotada.

Acenei para o primeiro táxi que apareceu, e nem esperei ele parar completamente antes de entrar e fechar a porta.

- Pra onde, moça?- Me virei no banco, pra ver o homem saindo da boate e olhando ao redor.

- Mooca- O carro acelerou pelas ruas vazias. Mesmo de tão longe, será que ele percebeu o que eu sou? Talvez não, e isso vai me dar o tempo que preciso pra ligar para a Luna da alcatéia. Não é o ideal, considerando que Aquiles pode machucá-la para tentar descobrir onde eu estou,- Ela é a única pessoa que conheço, que sabe desfazer o laço de Selene.- mas vou correr o risco. Abri a janela do carro e inspirei profundamente. Não senti o cheiro amadeirado e isso me fez suspirar de alívio. Ele não estava me seguindo, ainda não.

Quando o táxi parou na  frente do prédio de dez andares, entrei correndo para dentro. Sei que deveria manter a cabeça fria, mas é meio difícil já que tudo que batalhei pra conseguir está prestes a ir pelo ralo. O instinto de dominação e posse do homem na boate, vai fazer ele vir atrás de mim mais cedo ou mais tarde, e isso me dá pouco tempo pra arrumar as minhas coisas para ir sair cidade e fazer o ritual que vai desfazer o laço entre nós dois.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.