Capítulo

Publicidade

Um presente (In)esperado

Era 24 de Dezembro, toda a beleza e encanto natalino abrasavam os moradores da pequena Vila Abril.

Na casa de Diego não era diferente. Em algumas horas chegariam a parentada toda para mais uma ceia de Natal.

— Chegamos, mamãe! — falou Diego, ofegante, no instante que pôs as sacolas sobre a mesa da cozinha.

— Achei que vocês tinham se perdido no caminho — brincou sua mãe, enquanto levava o peru para o forno. — Uma simples ida ao mercado para comprar o queijo e vocês me voltam quase uma hora e meia depois.

— Sabe como é nessa época, — Flora começou a explicar. — A cada dez passos você encontra alguém que não via há anos. Conversa vai, conversa vem, e o relógio não tem dó nem piedade, continua sempre apressado. — riu e retirou os pacotes da sacola.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.