Capítulo

Publicidade

Capítulo 1

Eu estava morrendo de calor- tá certo que o frio era pior- mas o sol podia maneirar um pouco com a gente. Como se isso não bastasse, as crianças em volta correm, gritam, choram e isso só piora a minha dor de cabeça. Como esse era o único horário livre que eu tinha, estava disposta a encarar a fila e comprar uma aspirina depois, quando estivesse chegando no parque.

O Ibirapuera, com seus vários metros quadrados de verde, flores, brisa fresca e essas coisas todas, era perfeito para a campanha de moda que fui contratada pra fotografar. As negociações tinham sido difíceis, mas depois de vários meses eu finalmente assinei o contrato que colocaria o meu nome no Hal da Fama dos fotógrafos fodões. Esse era o ponto alto da carreia que construí, desde que cheguei em São Paulo há sete anos! Passar o dia rodeada de modelos semi-nus, refletores e roupas de alta costura... era o meu sonho por muito tempo, mesmo tendo seus pontos negativos.

- Ainda não sei por que deixo você escolher aonde a gente vai almoçar!- Matheus cruzou os braços, antes de revirar os olhos verdes pra mim. Ele tinha por volta de um metro e setenta e cinco, os músculos eram definidos e o rosto era descrito como o de um anjo de cabelos loiros. Não era de se espantar que fosse um dos modelos mais requisitados do país.

- Porque eu sei onde encontrar as melhores comidas de São Paulo.- Toquei seu braço, enquanto sorria, não me importando com o seu mal humor. Sei que ele estava acostumado a alta gastronomia e essas coisas caras e tal, mas hoje eu precisava de um hambúrguer.

- Trabalho com o meu corpo, não posso ficar comendo esse bando de  tranqueira, como um condenado- disse indignado, gesticulando com as mãos. - Com o canto dos olhos, vi uma mulher ficando pálida antes de segurar o braço da sua filha e se afastar de nós dois. - Sou modelo, minha senhora!-  Matheus esclareceu alto demais, chamando a atenção de mais gente em volta.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.