Capítulo

Publicidade

A BAIXOCALCIFILISTA

Samara estava decidida: iria para a casa de um de seus paqueras, para irem até as últimas consequências, porque estava estressada demais com o trabalho, a faculdade e só sexo resolvia. Mas chegando à casa do paquera, a jovem ruiva esqueceu que estava com uma sapatilha que não podia tirar, porque fedia demais.

A excitação de Samara estava tão a mil, quanto à vergonha de tirar a sapatilha. Ela não aguentava mais de vontade, mas também não queria fazer o paquera broxar. Foi aí que ela teve a brilhante ideia de falar para ele que transar de sapatilha, era o seu maior fetiche.

Eles transaram loucamente e, antes que ele percebesse o cheiro forte da sapatilha nos pés de Samara, ela saca um canivete de sua bolsa e enfia sem pena na garganta dele, deixando-o jorrando sangue da jugular, enquanto se arrumava a e saía da casa dele, caminhando tranquilamente pelas ruas da cidade.

 

***

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.