Capítulo

Publicidade

A MÃE DE SANTO

Letícia estava ficando com um menino menor de idade. Era algo novo e avassalador para aquela ruiva, pois a jovialidade dele lhe dava a energia que ela não tinha nos relacionamentos que teve antes desse.

Tudo corria às mil maravilhas, até uma amiga que frequentava casas de candomblé avisá-la para ela se afastar desse jovem, pois a mãe de santo dela avisou que ela ia se ferrar com ele, futuramente.

Por ser cética quanto a esses tipos de avisos sobrenaturais, Letícia não deu atenção. Porém no dia seguinte, lá estava ela, sendo parada por um policial numa blitz, sendo quase presa por estar com um menor que não era filho dela, acusada de aliciamento.

Letícia foi encaminhada à delegacia, desculpou-se, pagou fiança e foi para sua casa. No outro dia, a ruiva chamou o jovem para sua casa novamente, para passearem, pois queria passar algumas horas vendo a natureza. Ela dirigiu até o início de uma trilha que no final dava em uma linda cachoeira.

Eles caminharam por meia hora e, assim que chegaram, Letícia saca uma arma de sua bolsa e descarrega o pente inteiro na nuca do jovem, sem pena. Ela arrasta o jovem até a água e o joga à própria sorte, saindo dali para nunca mais voltar.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.