Capítulo

Publicidade

AS VOZES

Noruega, fim de sábado, madrugada de domingo de 1990. Laura Campbell tinha ido prestigiar seus cantores preferidos da banda Mayhem em um show que para a mesma, tinha sido o evento do século. Ela pulou, gritou, cantou todas as músicas, estava contente e mais ainda porque no final do show, arrumou uma carona com um grupo de roqueiros que conheceu lá e que a deixaram perto do hotel onde estava hospedada.

Estava caminhando por algumas ruas desertas, apreciando a madrugada norueguesa, quando começou a ouvir vozes e passos. Eram vozes de pessoas adultas, jovens e até infantis. Pensou que seria alguma família que estava saindo de alguma festa. Mas quando olhava para trás e para os lados, não havia ninguém: a rua estava deserta e só se ouvia o vento.

Apressou o passo com bastante medo e as vozes aumentavam cada vez mais, se tornando mais grotescas. Quando virou a esquina perto do hotel, fora cercada por vários crócotas, que imitavam as vozes humanas às vezes perfeitamente e às vezes de forma gutural, bastante assustadora.

Um dos crócotas foi em seu pescoço e com uma mordida certeira, arrancou parte de sua traqueia e as cordas vocais, para que ela não gritasse. Após isso, eles a pegaram e a arrastaram-na rapidamente até um lugar escuro, onde esquartejaram-na e devoraram suas carnes, até sobrar apenas uma carcaça humana desossada, sem músculos, olhos, língua, coração, pulmões ou vísceras.

No outro dia, as pessoas disseram aos investigadores, que não tinham ouvido nada de anormal.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.