Capítulo

Publicidade

BRINCANDO DE INVOCAR

Mercedes era uma menina que morava com seus pais e seus avós maternos em uma bela casa na cidade do México. Mas a criança tinha uma diversão estranha: ela não parava de brincar com um velho tabuleiro Ouija que encontrou dentro da casa, quando se mudaram. Ela acordava, dava bom dia a todos, comia, lanchava, corria de volta para o quarto e passava o dia todo ao lado de seu brinquedo predileto.

Seus pais, preocupados com aquilo, já não sabiam mais o que fazer para que sua filha largasse a mania que ela tinha, de se divertir com aquele jogo macabro. Eles até compraram outros brinquedos, um celular e um tablet para ela, mas nada: ela pegava o celular, filmava o tabuleiro e o quarto, mas não deixava-o de lado.

Não suportando mais aquele medo, os pais de Mercedes chamaram um padre, que fez nela uma oração em latim, aspergindo-lhe água benta. E depois dessa forte oração, o padre afirmou que ela iria deixar de lado o tabuleiro. Os pais dela então se despediram do padre e foram trabalhar, deixando Mercedes aos cuidados de seus avós maternos.

Seu pai sentiu-se mal no trabalho e chegou em casa mais cedo. Quando a mãe de Mercedes voltou, encontrou o marido e os pais esquartejados na sala, além de todas as letras do tabuleiro escritas nas paredes com sangue. Ao centro, Mercedes dançava e cantava com uma voz gutural em línguas estranhas, enquanto objetos voavam e se ouviam fortes ruídos dentro das paredes.

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.