Capítulo

Publicidade

CAPITULO 32 - PARIS I

Ter visto Leila e Christian aos beijos foi péssimo, eu chorei, mas chorei de raiva, aquela vadia achou mesmo que eu acreditaria que Christian estava me traindo com ela? Ela é muito burra.

Sai da casa e esperei Christian no carro, assim que ele entrou e veio falar comigo, avancei em seus lábios e o beijei.

- Eu sei que você não beijou Leila. – ele me olhou sem entender. – Vamos pra casa.

Não toquei no assunto do beijo e nem deixei Christian falar sobre isso, aquela cena ridícula que Leila criou não tem a menor importância.

Naquela noite nos amamos como loucos, eu queria sentir cada pedacinho de Christian cada movimento cada sensação.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.