Capítulo

Publicidade

Capítulo 8

            Alberto passou na delegacia e pegou as chaves da casa da Laura. Como o caso estava em investigação e a vítima morava sozinha, a casa era de suma importância para a polícia solucionar o caso, pois servia como prova e cena do crime.

            Ele estacionou a viatura em frente à casa, e foi até o hall de entrada. Do hall ele olhou pra trás e lembrando-se do depoimento de Fausto, resolveu circundar a casa pra ver se do tal vitrô que o suspeito disse ter forçado não dava mesmo pra ver nada do quarto da vítima.

Realmente o tal vitrô ainda estava mesmo entreaberto e, de lá, nem colocando a cabeça pra dentro da casa, não se via nada além de uma sala de televisão. – Bom, Pensou Alberto –, parece que até aqui as informações do Fausto estão batendo com a realidade.

 

                                     *****

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.