Suspense-Mistério
46
0

Capítulo

Publicidade

C4p1tul0 V1nt3 e Qu4tr0

Num3r0 Um

Clara não tem ideia de quanto tempo ficou deitada na cama abraçando os joelhos, chorou copiosamente por mais de uma hora até o inchaço de seus olhos atrapalhasse a abri-los, o seu nariz entupir e sua garganta começa a doer. Vira seu travesseiro, encharcado de lágrimas e após um tempo adormece profundamente. Em seu sonhos revive aquela noite, desde o capotamento da van, a briga com a morena e aquele monstro, à briga com Daniel. Cada segundo, cada emoção é novamente vivida por ela enquanto dorme.

Em dado momento ela desperta, permanece com os olhos fechados na mesma posição, mas não dorme mais. Pela “moleza” de seu corpo pode perceber que ficara além da conta em sono profundo, talvez já seja início da noite. Sabe que ao levantar terá que dar algumas explicações, então permanece imóvel até ouvir o barulho da porta se abrindo. Sabe que é ele, talvez seja melhor resolver logo, isso se ele não estiver, com toda a razão, querendo terminar de uma vez.

A loira abre os olhos e se vira para a porta, mas para sua surpresa, vê Daniel com um sorriso sem graça entrando com uma bandeja na mão. Ele se senta aos pés da cama e coloca a travessa próximo a ela. Clara percebe o pão, duas frutas e um suco.

— Que horas são? – Estranha a refeição.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.