Capítulo

Publicidade

Prologo

Momentos. A vida é feita de momentos,sejam eles bons ou ruins. O que nos move é a sede por acumular lembranças e historias para que um dia possamos contar á alguém que amamos muito. Todos querem um final feliz ou um grande amor,mas também querem passar por uma grande aventura para chegar em seu objetivo,porque se não fosse assim não acumularíamos experiencias,ou vivencias. Ninguém chega a algum lugar sem passar pelo meio da trajetória,enquanto muitas buscam por isso outras pessoas tem medo e preferem não se aventurar a chegar em sonhos do que tentar e fracassar. A verdade é que o medo do meio do caminho é o que torna a chegada mais triunfal.

Saiu do trabalho as pressas para chegar cedo em casa,não é fácil trabalhar em uma lanchonete movimentada. Tenho certeza que as pessoas de Nova York pensam que sou louca ou coisa do tipo. Em dez minutos chego no meu apartamento simples de poucos cômodos e entro no banheiro para tomar um banho,assim que saiu me deparo com a hora no despertador e caiu tentando colocar minha calça apertada.

- Droga! - Grito para mim mesma ao notar que ficaria com minha bunda dolorida por bastante tempo.

Tento pentear meu cabelo e corro em direção a porta de saída,pego minha bolsa,meu celular e as chaves do carro. Assim que entro respiro fundo e dou a partida - inferno de vida - penso comigo mesma enquanto dirijo para a faculdade que mais parece uma fazenda bem no meio do nada. Ligo o radio e fico ouvindo algumas musicas clássicas até algo bater em meu carro me dando um susto. Olho para todos os lados e não vejo nada;continuo seguindo normalmente até ver dois lobos enormes brigando bem no meio da estrada.

- Mas que merda é essa? - Saiu do carro como uma louca e tento correr na direção contraria sendo surpreendida por enormes olhos laranjas,eles me encaravam como se eu fosse sua presa. Comecei a andar para trás na tentativa de fugir assim que visse uma chance mas não adiantou,o dono daqueles olhos apareceu do meio das sombras,um enorme lobo cinza faminto me olhava como sua ceia de natal,estendi os braços para frente como naqueles filmes de terror que você acha que o monstro vai desistir de te devorar só porque você pediu com jeitinho.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.