Capítulo

Publicidade

Bonus Panelinha

Cagaço!
Foi um puta de um cagaço o que passei no escritório.
Eu , na paz e amor, e ela montada na pistola pronta pra atirar.
Nao e atoa que esta gravida de novo,  a mulher parece um furacão, mais ainda assim prefiro minha princesinha.
Eu sei que coisas materiais nao vai apagar todo o mal que eu fiz, mas as flores que mandei foi de coração. No bilhete dizia.
"Eu entendo que perdoar leva tempo. So que pra voce tenho todo o tempo do mundo. Ruan"
Eu poderia conseguir seu telefone,  sem que ela me desse, mas se estou tentando provar pra ela o quanto eu mudei, preciso seguir o passo a passo como uma pessoa normal.
Domingo de folga e uma vontade louca de ver ela.
Nao queria me adiantar,  mas e irresistível.
Bato a sua porta e ela demora a me atender.
Sua carinha de sono e cabelos meio despenteados me deixa louco, como nao percebi

Eu te amo pequena, sempre te amei, me perdoa por ter sido totalmente errado para você, mas agora que estamos mais próximos,  so penso num futuro cheio de pivete e voce pra amar."

Sigo caminhando na rua, quando vejo um negocio meio doido acontecendo,  uma menina mais ou menos da idade do Pedro,  corre atras da bola que esta indo pro meio da rua.
Fico angustiado porque ja tirei vidas, mas nunca de um inocente (fora o pai da Mari), e aquela menina linda de cabelos esvoaçantes e vestido florido estava correndo para o perigo e vejo um carro bem proximo dela.
Sem pensar,  corro atravessando a rua e desviando de carros mais lentos e a última coisa que vejo naquele momento é a garota ao chão perto da calçada e o barulho de um freio batendo em alguma coisa e num último segundo da consciência,  percebo que essa coisa é um alguém e esse alguém sou eu que escuta um nome,  o meu nome.
-----Ruannnnnnnnnn

-#_!_!_!_!_!_!_!*!_!*$_!_!_!__!_!&!
Ai Jesus amado, que aflição.  Terminando com lagrimas nos olhos.

 

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.