Capítulo

Publicidade

melanie

Estar disposta a ganhar mais do que se acha merecedor e algo que nunca esperei da vida, pelo menos nao nesses últimos meses.
Ao retornar para Sao Paulo, fui literalmente obrigada a iniciar o tratamento.
Rodrigo me deu umas aulinhas de rua como o instrutor de auto escola mais gostoso que alguém poderia ter na vida.
Quando Rodrigo e eu nos amamos,  eu senti que eu poderia mentir para mim o quanto quisesse,  mas nao havia mais escapatória,  so que eu tenho medo, porque Rodrigo e como um tornado.
Eu fui invadida por sua presença antes mesmo de voltar a respirar.
Tipo, a gente namorava antes de eu perder a memoria e me sinto caidinha de apaixonada por ele, é como se mesmo sendo tao opostos ainda somos o jeito errado de sermos certos um para o outro.
Chegamos em casa as 5 e 30 da manha e desbundamos.
Acordei com uma tosse fodida de Rodrigo e quando olho para

------Tontura?
-----Sim.
------Ja sei, eu te engravidei . Mas ja vou avisando Rodrigo nem adianta cobrar.
Rodrigo sorri enquanto ajudo ele a se acomodar no banco do carona.
Era a primeira vez que eu ia dirigir fora da nossa avenida, mas claro como água,  sinto como se fizesse isso a vida toda.
----'-So voce para me fazer rir em um momento desse.
----Aperte o cinto,  pois espero que VOCE tenha seguro de vida.
------Eu ja vi seu pior.
------Ah essa eu quero saber.
------Foi numa madrugada que uma garota tentou me agarrar.
Voce queria meter a mao na orelha da menina, mas por causa da profissao voce nao podia, então saiu cantando pneu a 140 por hora.
----- Ciúmes e alta velocidade para descrever a velha eu? Caracas eu ja me imaginava quase uma freira.
-----Freiras nao rebolam ate o chão, ou pedem para eu deixar fazer um sexo oral em mim.
--

Uma loira alta de jalecao aparece perguntando por familiares do Sr Souza.
Levantei-me do jeito que deu e posso jurar que meu cabelo está estilo rubabu com um ninho de mafagafos, cheio de mafagafinhos.
-----Drª alguma noticia do Rodrigo,  um loiro alto? Faz tempo que ele deu entrada , mas ate agora nada.
------Rodrigo Souza?
-----Isso mesmo.
-----Voce e o que dele?
Ciúmes atingindo pico máximo.
Vontade de mandar pros esquinttos, mas sorrio.
------Sou esposa,  estou tao desorientada que nem me atentei ao nome.

Sigo a medica pelo corredor,  pensando em mil e uma maneiras de tirar ela do caso Singer CAT.

Entro em sua sala e me sento, ajeitando meu cabelo.
-----E então?  O que o Rodrigo tem?
-----Rodrigo esta com uma anemia muito forte, segundo dados, ele doou sangue a dois meses atrás. Porem, ate mesmo suas plaquetas estão baixas, precisara de repouso, alimentação regrada, e tomar os remédios certinhos.
-----Pode deixar. Quando ele pode sair daqui? 
-----Se tudo der certo amanhã repetiremos o exame e estará liberado.
-----Ok? Ele ja acordou?
-----Sim.
-----Qual o quarto que ele está?
Ela torceu o nariz , mas me deu a informação.
-----769.
Sussurrei um licença forçado e sai em.busca de Rodrigo.
Ele estava sozinho vendo TV.
-----Bom dia belo adormecido.
-----Ja e quase noite Melanie.
-----Eu sei, mas bom dia voce pod falar em qualquer horário do dia.
-----T

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.