Capítulo

Publicidade

despedidas

Por Rodrigo

Depois de receber o prémio nem voltamos pra casa e fomos ao bar encher a cara.
Bem pelo menos eu fui.
As meninas parodiando e eu sentado bebendo afogando as mágoas.
-----Rodrigo olha la cara.
Viro pro lado que o Tobby está indicando e tem um moleque tentando beijar Melanie que tentava sair dele.
Caralho Melanie voce luta uma porrada de coisa, mas nao sou nem doido que vou deixar outro enfiar baldinho pra tirar agua no meu poço.
Tá,  eu sei que nao foi original tirar frase de musica, mas foda-se.
Levanto e em dois tempos estou com os abraços na cintura de Melanie.
------Algum problema amor?
-----Cai fora amigo que essa mina é minha,  cheguei primeiro.
-----Estou tentando ser educado,  saia por gentileza e deixe minha namorada dançar em paz.
-----A puta que te pariu.
O cara que ja e louco de xingar minha ma

Um local sombrio e triste. Acho desnecessário levar flores e lagrimas ate o túmulo dos mortos,  ja que nao poderão nos responder , muito menos agradecer.
Melanie pediu ajuda ao coveiro e fiquei de longe observando.
Ela aproximou- se da foto no túmulo e parece ter fixado sua vista em algum ponto ali. E então se ajoelhou e chorou.
Aproximei oferecendo meu ombro e meu colo.
------Por que papaizinho VOCE me abandonou?  Tenho tantas saudades de você.
-----Melzinha ja faz muito tempo que isso aconteceu e ele precisa descansar. Minha mae me disse que quando uma moça morre tem um lindo caminho de velas acesas para ela conseguir evoluir espiritualmente e alcançar a paz. A cada lágrima que VOCE derrama e a cada clamor para que ele volte, suas lágrimas faz o caminho dele ficar escuro e sua alma entristecer. Nao digo para se esquecer dele, apenas

Saímos abraçados do cemitério em completo silêncio.  Fiz uma rápida oração para que Deus mantivesse meu pai em bom lugar mesmo ele sendo pecador.

------Vamos la buscar Nossas mochilas que esta na hora.
------Ta bom.
Entramos na casa e Melanie passou para o quarto igual um furacão e se trancou la por ao menos cinco minutos.
Minha mochila estava com o dobro do peso que eu me lembrava, porem achei que Melanie precisava compartilhar o peso da dela, mas a dela também estava pesada.
Com o skate junto com a mochila no porta malas, seguimos viagem.
Acho que vou sentir saudade da tropa apesar da loucura que meus dias viraram.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.