Capítulo

Publicidade

Cap.22 - Ilusão

Eu já senti tanto medo ao longo da minha vida que ele já me fazia té companhia, mas nunca ele esteve tão gritante

Eu já senti tanto medo ao longo da minha vida que ele já me fazia té companhia, mas nunca ele esteve tão gritante. A cada curva, o hospital parecia que ficava cada vez mais distante de mim!

Eu sabia que a comoção seria grande em frente à ele, mas está bem pior do que eu imaginei: está quase infernal... São fãs, curiosos, imprensa, segurança e isso está me desesperando, não saber o que farei para chegar até ela.

Lembro da estratégia usada no show e fui para os fundos do hospital. Haviam algumas ambulâncias e umas pessoas dispersas do que acontecia lá na frente. Estacionei minha garota, ao descer eu bati a porta devagar pra não chamar atenção e comecei a seguir pra porta onde estava escrito saída de emergência, mas esbarrei balde com roupas e percebi que eram alguns uniformes, era exatamente o que eu precisava.

Não pensei duas vezes ao vestir aquela roupa e começar a cortar caminho por entre as pessoas que transitavam pelos corredoresagitados. Eu não sabia por onde começar a procurar, as alas eram todas iguais e eu nem podia pedir informação à ninguém que trabalhava ali, foi quando me ocorreu de ficar perto de uma das recepções e esperar algum tipo de notícia ou indicação. 

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.