Suspense-Mistério
47
2

Capítulo

Publicidade

Novo Capítulo

                                                PRÓLOGO

Não se pode fugir de quem se é. Eu me pego reafirmando isso pra mim de vez em quando. E ainda que a ideia esteja tão fixa em minha cabeça quanto o sol está fixo no universo, busco incansavelmente ser outra pessoa. Qualquer pessoa. Menos eu mesma. Eu nasci assim. Não posso mudar quem sou. Fui banida para longe de meu clã. Fui banida há tempo demais. E agora, para sobreviver, preciso ir contra tudo que eu sou, contra hábitos de minha própria espécie. Há décadas passadas nos chamaram de Sirens, e disseram que éramos perigosos. Bem, um lado meu é.

            Tempestade. O aroma selvagem da chuva castigando a terra entrou pelas portas abertas da varanda e invadiu o quarto. Os ventos vindos da costa lamuriavam sua sinfonia triste por entre as árvores da floresta, despetalando flores e trazendo seu perfume no ar. Como abelhas atraídas pelo mel, as pétalas fizeram seu caminho até mim, uma delas, ousando um pouco raio tocar a superfície da terra, eu já havia acordado. E não fora o medo da tempestade que me fizera a levantar. Fora o ser por trás dela.

            Enquanto me vestia, deixei meus pensamentos seguirem rumo próprio, me guiando até lembranças dolorosas, que deveriam ser mantidas encarceradas no fundo de minha mente, mas que eram, contra minha vontade, parte de min. Não se pode fugir do passado. E não se pode fugir do que se é. Nunca.

            Tempestades. As pessoas pouco conhecem sobre elas, mas uma coisa que eu posso garantir é que as tempestades somente são geradas com um propósito. Ela não se mantém sozinhas. E o propósito brilhava para mim como um grande diamante.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.