Capítulo

Publicidade

PRÓLOGO

Dominic narrando''

  Sempre acordo cedo apesar que nem preciso, mais creio que todos sabem que um homem de 25 anos não é mais uma criança,  fui direto para o banheiro escovei meus dentes, sempre fui a favor de limpeza máxima, principalmente as mulheres que vão ter uma noite agradável comigo sempre elas vem limpas. 

   Não sei se posso dizer que sou o melhor homem do mundo afinal,  todas que se apaixona por mim acabam me odiando e me chamando de frio, eu digo ao contrario baby, sou calculista. Sai do quarto de calça moletom mesmo sem camiseta, desci as escadas passei pela sala, e cheguei na cozinha, já vendo que o café da manhã está pronto, Dona eduarda, sempre chega, cedo. 

 Sou alto. 1,85 sou branco, não sou gordo sou malhado, tenho a barriga definida, meus olhos são azuis, meus cabelos são bem preto e liso, tenho muitas tatuagens espalhadas pelo meu corpo, sempre a favor de tatuagens, só não curto mulheres que tem tatuagens.

 Tomei meu café da manhã, ate que bateram na porta, não na porta da frente e sim na porta dos fundos,  dona eduarda não apareceu para abrir, então eu mesmo fui lá e abri a porta. Uma menina nada alta, da pele clara as bochechas vermelhas, ela estava machucada, seus cabelos negros caiam pelo seu rosto, e seus olhos verdes pediam ajudam, tão magra, tão pálida.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.