Maternal

Terror

Livro ler capítulo

Estatísticas:


1

Ir para outro capítulo:

Publicidade

Capítulo

Tamanho da fonte:

Largura do texto:

Mudar cor do fundo para:

Escuro Claro

Tela cheia:


Maternal
I - INVOCAÇÃO

Por mais que Marta negasse a si mesma, quando soube da notícia do acidente, bem lá no fundo, sentiu-se vingada, até mesmo poderosa. Teria sorrido por um lapso de segundo se a sua outra parte, aquela mais consciente e empática, não tivesse dado prioridade ao choque pela gravidade da situação. Pois, apesar de tudo, era a sua filha quem estava envolvida na tragédia.

Não precisou que o telefone tocasse ou que ninguém lhe avisasse de outro modo. Viu quando a própria TV local transmitiu sobre o acidente no intervalo da novela. Várias pessoas ficaram feridas no engavetamento, mas apenas uma morreu na hora. E lá estava o carro todo amassado, a caminhonete que ela tanto odiava, seguida de um vislumbre de sua filha sendo socorrida. Sangue no asfalto.

Pegou as chaves e tirou o próprio carro da garagem em um arranque apressado, assustando os vizinhos do pacato condomínio de casas praticamente idênticas, e durante o trajeto tentou manter em mente a prioridade de preocupar-se com a filha, pedindo a todos os deuses que a protegessem, sem saber que outro sentimento já estava tomando forma, e que não demoraria a envolve-la por completo: a culpa.

Não, não podia ser isso. Foi sem querer.

Tinha agido na hora da raiva, de modo estabanado, o ato nem mesmo havia tido um embasamento ritualístico, pensou, ela nem mesmo possuía o dom. Mas talvez... e se só isso já tivesse sido o suficiente?

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.