Não me Deixe

Conto

Livro ler capítulo

Estatísticas:


52

Ir para outro capítulo:

Publicidade

Capítulo

Tamanho da fonte:

Largura do texto:

Mudar cor do fundo para:

Escuro Claro

Tela cheia:


Não me Deixe
1

Perdi minha mãe ainda muito nova. Fui criada pelo meu pai que me deu todo amor que eu poderia precisar com uma dose extra de proteção. Tive uma infância muito feliz com ele. Posso afirmar que tive o melhor pai do mundo, exceto pelo fato de que ele, Dr. Alberto era racista. Um advogado criminal que adorava defender os brancos, por mais culpados que eles fossem e faria de tudo para colocar um negro atrás das grandes, por mais que provasse sua inocência.

Cresci ouvindo que foi um encardido que matou minha mãe. Ah sim, ele adorava dizer que negros eram encardidos. Que tinham aquela cor porque eram porcos, não tomavam banho e eram todos, sem exceção, bandidos, assassinos e traficantes de tudo que se podia traficar. Por questões legais ele disfarçava seu preconceito, mas quando podia, não perdia a oportunidade de massacrar verbalmente qualquer pessoa que tivesse o tom de pele mais escuro.

Eu já tentei, inúmeras vezes, argumentar que ele estava errado, não podia generalizar, que também haviam brancos bandidos e assassinos e tudo que ele dizia sobre os negros era equivocado, mas meu pai passava horas, se deixasse, falando seu discurso racista com o peito estufado e cheio de verdade na voz.

Por isso, toda vez que ele começava a falar, eu saía de perto.

  - Você vai se formar em direito, minha filha! Vai dar continuidade ao trabalho do seu pai! - falava com orgulho.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.