Crônicas de um lugar

Não Ficção

Livro ler capítulo

Estatísticas:


3

Ir para outro capítulo:

Publicidade

Capítulo

Tamanho da fonte:

Largura do texto:

Mudar cor do fundo para:

Escuro Claro

Tela cheia:


Crônicas de um lugar
16/02/2018

Moro na parte alta de uma cidade pequena, quase na zona rural - literalmente, pois a placa da divisa urbana e rural está há mais ou menos dez metros de distância da entrada do condomínio.
O caminho para chegar aqui é basicamente um morro, você sobe uma longa avenida até o condomínio, a entrada fica à direita, se seguir reto, olha! A placa da zona rural, à esquerda tem apenas mato e um canavial, à direita um novo bairro - praticamente vazio -, a sede do jornal da cidade e o campo de aviação. Mas calma, vamos entrar um pouco antes, também à direita.
A rua é dividida por árvores e grama, um sentido para subir e outro para descer, é uma leve descida. Na metade do caminho tem uma mansão quase presidencial, um exagero... A rua acaba em uma praça... ou era para ser uma praça.
Ah sim, a ultima casa da rua tem uma estátua no j

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.