Capítulo

Publicidade

Transportando o Portal

Tau, o filho de Adamá e Lilith transformado em demônio por Anhaú encontrou o portal aberto no Reino do Caos e após passar por ele, Tau viu seu corpo se transformar em energia obscura. Tau andou pelas tribos e percebeu que nenhum humano podia vê-lo, poucos sentiam sua presença. Tau invejou os humanos e suas terras, invejou seus corpos e suas habilidades. Desejou possuir um corpo e deleitar-se com os frutos e sensações que permeavam o Mundo Vivo. Mas Tau, pouco a pouco, se sentia mais forte. De alguma forma ele se alimentava das mentiras e traições dos povos das tribos, o legado sombrio deixado por Japeusá enquanto vagava como espírito pela terra.

Em uma das suas visitas as tribos dos homens, Tau conheceu e se encantou por Kerana, filha de Marangatu. Sua beleza e bondade despertou no demônio sentimentos que ele não soube nomear, tão pouco controlar. Kerana havia sido prometida a um guerreiro de uma tribo distante que a salvara, enfrentando perigos em terras hostis a procura de uma erva a fim de Tumé Arandú fazer um antídoto para curá-la de uma picada de uma víbora. Enlouquecido pela jovem, Tau utilizou das suas forças para sussurrar sugestões à mente do nobre guerreiro. Aos poucos a mente do humano começava a se deteriorar, não conseguia mais distinguir sonhos da realidade e quando caiu enfermo, Tau possuiu o homem, destruiu sua alma e ocupou seu corpo.

De pose do corpo do mortal, Tau convenceu Kerana a fugir ao anoitecer. Jaci, reinando sobre a noite alertou Kerana, tentou fazê-la ver que o homem a quem havia entregado seu coração já não existia, agora era uma casca ocupada por um demônio. A humana por sua vez desconhecia a existência de criaturas abissais, ignorou os conselhos de Jaci e fugiu com o mortal possuído.

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.