Capítulo

Publicidade

5. Segredos obscuros de um passado sombrio

   

    Não sei bem o que aconteceu. Seus olhos de esmeralda fitavam-me e eu não sabia como lidar, não sabia o que dizer, ele estava sendo gentil comigo, simpático até, e sua voz soava tão sincera e verdadeira. Ele mudou da água para o vinho? Eu estava quase tremendo por culpa do efeito de sua presença, meu coração disparado, sentia meu corpo gélido numa sensação extraordinária, era tão boa e eu queria continuar sentindo. Respiro fundo, solto o ar que estava preso em mim, levanto-me do sofá e o-encaro

– Não faça tanto esforço – enfim pronuncio em resposta – Não quero suas desculpas cobertas de mentiras, aliás, será que também não é mais uma mentira? Você me tratou mal e além disto, me fez de idiota, não uma, mas várias vezes, eu prefiro esquecer tudo que aconteceu e saiba que, sinceramente... – Seus olhos nada dizia, sua expressão era vazia – eu também não queria estar aqui, desculpe o incômodo.

Viro-me as costas e deixo-o, não quero nem saber o que pensa, acha, ou sabe de mim, apesar de parecer impossível, esses primeiros dias serviram muito bem, já sei a real face do Sr. Darkness, soube logo o imbecil arrogante que ele é, ele deve pensar que é melhor e pode fazer o que quiser com as pessoas, manipular e enganar é com certeza o seu forte, afinal, eu fui uma de suas vítimas. Quando estou quase na sala de jantar, sinto sua mão puxar agressivamente meu braço, apertando a região do pulso, sou forçado a olhar em seus olhos, minha vontade é de cuspir na cara daquele fingido, mas ao mesmo tempo eu quero-o, quero beija-lo, sentir nossos lábios encontrarem-se e me envolver em seus braços; Mas há uma grande diferença entre querer e poder.

– Olhe para mim seu imbecil – viro meu rosto mas ele, com puro ódio, puxa meu queixo e tenho que encarar aqueles malditos olhos. Sua voz é baixa e quase um sussurro – Eu fui com educação pedir desculpas e você não as-aceitou, tudo bem, mas vou logo avisando: Se qualquer pessoa ficar sabendo de algo, eu prometo, irei acabar com sua vida.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.