Capítulo

Publicidade

O Retorno de Samael

Com a ausência do Criador e subjugando o poder dos celestes e acreditando que poderia destruir mais uma vez a criação e retornar ao seu reino de trevas, Anhaú se uniu a Samael transformado em serpente e assim conseguiu sair do seu exilio.  Samael sabia os caminhos que levavam até Ivy Marãey.

A serpente conseguiu entrar no monte sem ser notada e persuadiu uma das mulheres Sypave a comer do fruto de Buriti, a fez invejar a Cidade de Prata que estava no céu e disse que era um castigo a ela e a todos os seus iguais a andarem sobre a terra, sem a dádiva de voar. Em segredo, a mulher colheu e comeu um dos frutos e ofertou a outra metade para um dos homens Rupave, confiante que aquela seria uma atitude sabia, pois amava Sypave, o homem também comeu do fruto. O suco que escorreu por sua boca era vermelho e pegajoso e tinha gosto de ferrugem. O alimento proibido tornou todos os homens Rupave e todas as mulheres Sypave mais fortes. Os sete casais conseguiam controlar o fogo, a água, os ventos e o solo. Sentiram-se deuses do mundo, mais fortes que os celestes e capazes de desafiar Buriti e o Criador.

No alto da montanha, somente a voz do Criador, como trovão, veio dos céus, fazendo o solo estremecer. Como sua natureza era criar e não destruir ordenou que os Rupave e as Sypave deixassem Ivy Marãey.

Os Celestes desceram em falanges para cumprir as ordens do Criador, entretanto a força mística de Buriti pulsava nas veias dos casais. Eles conseguiam criar elementos e usá-los como armas, enfrentando as legiões de Celestes.

Vendo que os poderes dos Rupave e das Sypave eram superiores, o Criador uniu as energias dos Celestes mortos na batalha contra Heylel e doou um pouco da sua própria essência a uma estátua feita de estrelas e cosmo. À escultura deu o nome de Emanuel - O Guerreiro da Luz, e ordenou que expulsasse os humanos sem feri-los do alto da montanha.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.