Capítulo

Publicidade

A Rebelião

Heylel, o Celeste portador da luz, considerando a decisão do Criador de gerar outros humanos e temendo que a Criação não suportasse novamente o fracasso das estátuas de barro, reuniu-se com todas as Castas de Celestes e tentou convencê-los de destruir os homens Rupave e as mulheres Sypave, antes que os casais devastassem Ivy Marãey. Anhang defendeu a nova criação de humanos, estava certo que seguiriam por um bom caminho, pois agora os humanos ascendidos como Celestes auxiliariam a preservação da Criação.

A princípio Heylel desistiu da ideia de aniquilação, mas o amor pela Criação se tornou doentio. O Celeste amava cada forma, cor e odor em Ivy Marãey e sua possessão o fez rebelar-se.

Secretamente, Heylel reuniu os Celestes adeptos a sua causa e os convenceu que o reinado do Criador devia chegar ao fim, pois ele colocava em risco toda a sua obra.

Com uma falange de incontáveis seres alados, Heylel ordenou um ataque aos seus quatro irmãos. O céu de Ivy Marãey se cobriu por uma guerra de proporções devastadoras durante longos dias. Dezenas de Celestes foram eliminados no combate e recebidos pelo Criador. Entretanto a morte dos Celestes causava distúrbios no mundo. Terremotos, enchentes e chuva ácida caiam sobre Ivy Marãey.

Miguel e seus Arcanjos conseguiram transpor a barreira de Celestes que protegiam Heylel e no momento que iam destruir o irmão alado O Criador ordenou que ele vivesse, bondoso, ele compreendeu os motivos que o levaram a se rebelar e não poderia mais permitir que as mortes dos celestes prosseguissem, pois isso exterminaria toda a criação. Miguel então baniu Heylel e toda a sua falange para longe de Ivy Marãey. Samael recepcionou os Celestes abolidos do monte, com a perfeição da oratória ensinada por Anhaú convenceu a todos a fazerem parte das hordas de demônios que nasciam de Lilith e com a influência profana de Anhaú as asas dos Celestes foram cremadas, menos os pares de Heylel, que se tingiram de fuligem e sombras, assim surgiram os Angelos Apostaticos. Anhaú prometeu um reino para Heylel, assim, poderia criar qualquer coisa e amar sua o

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.