Capítulo

Publicidade

A Redenção de Adamá - As Castas Celestes

Com a partida de Lilith, Adamá começou a perecer, já não tinha mais força para caçar ou comer, seus filhos, netos e descendentes o buscavam para serem aconselhados e encontravam somente os lamentos e gemidos do antigo ditador. Aos pés de Buriti, Adamá suplicou para que a dor parasse e encontrou a solução tirando sua própria vida enterrando uma estaca de madeira no coração. Anhang, transmutado em alma, foi expelido pela boca do homem e se juntou ao Criador, implorou perdão e permaneceu ao seu lado, envergonhado pelos atos de Adamá. O sangue manchou as raízes de Buriti que desde então nunca mais emitiu um único som em Ivy Marãey.

Incapacitado de destruir, O Criador chorou pela segunda vez, suas lágrimas caíram sobre Ivy Marãey como uma chuva torrencial durante três longos dias. Anhang por sua vez, se sentiu na obrigação de salvar os descendentes de Adamá que caiam em desgraça, ainda influenciados pelos ensinamentos do homem. Durante a tempestade Anhang sobrevoou as aldeias e tocou em cada homem, mulher e criança, os ascendendo as alturas como Celestes, pois sabiam que assim eles seriam úteis na criação.

Os filhos do primeiro casal foram acolhidos por Uriel e sua casta chamada de Querubins. Os netos ficaram sobre comando e cuidado de Heylel e foram chamados de Scaenins. Rafael recepcionou os filhos dos netos e os reconheceu como Virtuósis. A quarta geração de humanos transformados em celestes ficou aos cuidados de Miguel e passaram a ser conhecidos como Arcanjos. Os descendentes mais distantes de Adamá e Lilith formaram a casta de Anjos e seguiram fielmente Gabriel.

Tantos eram os Celestes no céu que pareciam um manto de corpos translúcidos e pares de asas.

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.