Capítulo

Publicidade

Alô! É do além?

A execução definitiva de seu plano dependia de uma privacidade da qual Rosana não poderia desfrutar na casa da mãe. Sob os protestos da matriarca, ela retornou à sua morada, não gostando nem um pouco do que encontrou ao chegar.

A casa fora invadida em sua ausência. Alguém arrombou a porta dos fundos e revirou a moradia. Vasculharam armários, gavetas, qualquer coisa que possuísse uma porta ou tampa fora tirada do lugar e remexida. Aos poucos, Rosana notou que aquela situação não fora causada por ladrões.

Apesar da bagunça, itens de algum valor, que interessariam ao amigo do alheio, permaneciam intactos. Na verdade, nada parecia ter sido roubado, como se os invasores não houvessem encontrado o que procuravam

Marcos. Ele deve desconfiar de algo.

A tarefa de reorganizar a casa consumiu quase um dia de trabalho, mas serviu para enfurecer ainda mais a vingativa mulher de meia idade. Isso porque não enxergava motivos para arrumar o local. Desde que o marido a largou, nem visitas recebia. Sem filhos, próxima dos quarenta, ela acreditava que seria impossível recomeçar a vida. Encontrar Marcos havia lhe dado uma nova perspectiva, mas tudo ruíra novamente ao se descobrir um pião nas habilidosas mãos daquele cafajeste.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.