Capítulo

Publicidade

Capítulo 59: Arrivederci

Capítulo 59: Arrivederci

A exaustão me atingiu como uma onda pesada. Meus ombros pareciam erguer toda a responsabilidade da família. Coloquei a mão na nuca massageando meu pescoço enquanto estava sentada no sofá de couro preto do opressor escritório que um dia pertenceu a Stefano Mantovani.

A presença daquele homem parecia impregnada nas paredes com prateleiras de livros, havia um enorme mapa de Lombardia em um quadro de cor sépia e fotos da cidade de mais de cinquenta anos atrás. Bem atrás da enorme mesa de madeira onde meu marido estava sentado na poltrona principal, havia esse quadro grande de um dos bisavôs da família, um homem de olhar firme, sobrancelhas pesadas e cabelos grisalhos, fumando um charuto em um fundo preto.

A luz vinha dos abajures laterais da sala, iluminando o tapete persa azul marinho e amarelo, com arabescos desenhados. Respirei fundo. Depois de horas fechada nessa sala com a cúpula de Milão, eu conseguia entender porque Santino ficava tão mau-humorado nessas reuniões.

-- Com certeza é uma decisão acertada que Franco e Alessa se juntem em matrimônio, mas não tenho certeza quanto à um segundo casamento assim tão próximo na família. - Os olhos azuis de Enzo fixaram-se em mim. Não sei se ele queria dizer algo com isso, mas fiquei tensa.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.