Capítulo

Publicidade

Bilhetinho anônimo

Mais um dia tedioso de aula. O ano letivo mal começou e eu já desejava férias. Matemática é sem dúvidas umas das matérias que menos gosto.

Sentei na minha cadeira para tentar concentra-me na explicação do professor Humberto, olhei todos aqueles número no quadro negro e quase fiquei tonta tentando decifrar os gráficos idiotas que ele mostrava. Abri o caderno para fazer algumas anotações e me surpreendi ao notar a existência de um bilhetinho deixado em meu caderno:

"Seu sorriso é lindo e admira-lo torna o meu dia mais belo também.
By: N.T "

Fiquei mega feliz com o bilhetinho. Incrivelmente, ler aquilo me fez ficar grandemente curiosa (para saber quem o escreveu). Cheguei a pensar que podia ser de um admirador, mas em seguida caí em mim, há tantas garotas mais belas nessa escola... por que alguém me escolheria?

Além desse bilhete, todas as vezes que eu me descuidava do meu caderno, apareciam outros. Durante longos meses foram bilhetes como esse que tornavam o meu ensino médio melhor. Ir para a escola era cada dia mais especial, eu ficava na ânsia de ler o próximo bilhetinho. A sensação de ter um admirador secreto é tão maravilhosa de sentir.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.