Capítulo

Publicidade

10 - FÉ

Por Deus, como estava faminta. Seus filhos incompetentes deixaram a garota fugir com o seu bastardo (era assim que ela o chamava, por ter se desvencilhado do resto da família e do objetivo e natureza dela). Acreditava que seria difícil encontrá-la. O pivete já se escondia deles fazia algum tempo e até aquele momento nunca foi pego. Porém, uma certeza ela tinha: a garota jamais conseguiria sair da cidade.

Lago dos Cedros tinha apenas um acesso fácil, e os corpos dos moradores, na qual ela tinha total controle, estavam a postos. Ninguém sairia de lá pela estrada. Patrulhar toda a extensão da cidade não seria possível, mas se a garota tentasse fugir pela mata, morreria de fome antes que encontra-se um ser humano mais uma vez. Tinha certeza que o bastardo falaria o mesmo para ela.

Mas sua barriga roncava. Sentia a força sendo drenada de seu corpo. Deveria se alimentar uma vez por mês, mas fazia um bom tempo que a refeição não vinha. O que a deixava um pouco mais calma era o aniversário de dezoito anos de um de seus filhos. Não seria uma refeição completa, pois ela gastaria energia para o parto, mas já era alguma coisa.

"Não descansem até encontrar ela, seus incompetentes" disse a mulher, fazendo sua voz ser ouvida dentro da cabeça de cada criança. "E Iaguinho, mamãe te espera daqui uns dias", finalizou, ecoando uma risada estridente.

Os corpos que não faziam vigília na entrada da cidade andavam de forma robótica e sem vida pelas ruas, bosques e qualquer lugar que ela imaginasse que os dois pudessem ter se escondido. Passou-se dias e nenhum sinal. A mulher estava ficando irritada, e suas forças, cada vez mais fracas.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.