Capítulo

Publicidade

O preço

Durante uma noite em claro, Rosana teve uma revelação. Sufocada pela alta temperatura e pela ansiedade em resolver sua contenda com o ex-marido, ligou a tevê do quarto em plena madrugada para se distrair.

Àquela altura da noite, a maioria dos canais transmitia insuportáveis programas religiosos de cunho extremamente duvidoso. Velhinhas levantavam de suas cadeiras de rodas enquanto cegos voltavam a enxergar. Tudo isso por uma quantia módica, um financiamento eterno batizado dízimo.

Riu-se ao ver as cestas de vime transbordando de notas altas e questionou-se por que a igreja da luz interplanetária jamais lhe havia cobrado nada. Escaldada que estava do comportamento humano, desejava saber qual preço lhe seria pedido em troca das benesses oferecidas.

As respostas para os questionamentos de Rosana não tardaram a aparecer. A tela da televisão adquiriu contornou próprios entre chuviscos e linhas coloridas. O som dos pastores pregando se intercalava a uma voz grossa, gutural e sombria. Segundos após a interferência, um novo canal parecia sintonizado.

Não era nenhum programa visto antes por Rosana. Provavelmente não fora visto pela grande maioria dos humanos ditos “normais”. Uma figura humanoide, com cara de peixe e um conjunto assustador de dentes aparentes e acinzentados, parecia olhá-la nos olhos.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.